Joaquim Nabuco - PE











História

O povoamento originou-se com a chegada dos trabalhadores que, em demanda às terras de cana-de-açúcar, foram aglomerando-se em torno de habitações isoladas nos engenhos Pumaty, Boa Vista e Cuiabá, construindo palhoças, casas e a tradicional capela. Inicialmente o povoado recebeu o nome de Preguiça, o qual, segundo estudiosos,
deve-se à circunstância de haver nessa região muitas "imbaúbas" ou "pau preguiça". Entretanto, há quem afirme que o nome prendeu-se ao fato de a feira livre do povoado ocorrer às segundas-feiras, as quais são chamadas "dia da preguiça". A povoação cresceu e prosperou. Em 1903, graças aos apelos de seus habitantes às autoridades competentes, o nome Preguiça foi substituído por Joaquim Nabuco, em homenagem ao grande brasileiro. O distrito de Joaquim Nabuco foi criado por Lei Municipal nº 1, de 29 de novembro de 1892, com sede na povoação de Preguiça. O município foi criado pela Lei Estadual nº 1.818, de 29 de dezembro de 1953, desmembrado do município de Palmares. Administrativamente é formado pelo distrito Sede.

 Praça Dom Luiz de Britto
 Linha Ferroviária
 Praça 19 de agosto ( Centro )
 Escola Municipal Fernando Augusto Pinto Ribeiro
 Portal de entrada da Cidade de Joaquim Nabuco
 Câmara de Vereadores do Município
 Extensão da Escola Fernando Augusto Pinto Ribeiro
 Centro da Cidade
 Cine Brasíla
 Casa de Cultura

Por:  Aux. Dário Pereira
Aux. Willamis Dilermando